sexta-feira, 17 de maio de 2019

Bem de família dado como garantia fiduciária pode ser penhorada diz STJ

Não é permitido que o devedor ofereça como garantia um imóvel caracterizado como bem de família para depois alegar ao juízo que essa garantia não encontra respaldo legal, solicitando sua exclusão e invocando a impossibilidade de alienação. Assim entendeu a 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça ao negar recurso de devedores que ofereceram a própria casa como garantia fiduciária, mas depois alegaram a impenhorabilidade do imóvel.

Informações do Escritório de Advocacia Zenilson Coelho

Nenhum comentário: