segunda-feira, 29 de abril de 2019

Vereadores da prefeita se aliam a Marcos Coelho e cobram transparência da prefeita sobre os 18 milhões do FUNDEF

Acredita, caro leitor, que a Bancada de Vereadores de Situação se se aliou ao vereador de oposição, Marcos Coelho, bem como a todos os vereadores oposicionistas, para cobrar transparência da prefeita Monica Aguiar, referente aos R$ 30 milhões do FUNDEF?, pois bem, acredite, é sério!

E o que tem de errado nisso? Resposta: do ponto de vista que caracteriza a vereança, não há nada de errado!, mas, do ponto de vista da ação politica rasteira, que sempre falou mais alto no legislativo, sim. Esse não é o normal da situação. A não ser que esteja querendo barganhar alguma coisa com a Chefe.

Em muitos casos, quando a base aliada de qualquer governo age desta forma, está mandando uma recado direto para seus líderes governistas e deixando claro que a relação precisa ser realinhada ou as coisas, para o governo, podem piorar.

- Só pra constar: nos bastidores tem vereador "zangado com a prefeita".

Pelo menos nos últimos (07) sete anos a base aliada do Governo, na Câmara, nunca aprovou requerimento algum que viesse fazendo qualquer cobrança a prefeita Monica. Sempre foi o contrário: além de reprovarem, ainda criticavam seus respectivos autores, classificando as cobranças como "politicagem ou perseguição politica". 

Sabe-se lá os motivos, pelos quais os aliados da prefeita resolveram fazer diferente, numa ação que é de se estranhar e ao mesmo tempo sugere elogios:  eles aprovaram o requerimento que pede a Chefe do Executivo Municipal  e sua Secretária da Educação, Elizabeth Magalhães, esclarecimentos sobre a existência de planejamento municipal de gastos e de investimentos, relativo aos 18 milhões. Eles pediram também que a prefeita  convidem os Sindicatos APEOC e o dos Servidores Públicos Municipais de Camocim - SINSPCAM para definirem como poderiam ser pagos, aos servidores públicos da educação, 60% destes 30 milhões.

Resta saber se a prefeita Monica irá atender o poder Legislativo ou desrespeitá-lo. Isso iremos saber nos próximos capítulos desta novela.

Carlos Jardel 

Nenhum comentário: