sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

Explicações de Fabrício Queiroz não convenceram militares da equipe de transição

O motorista Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSLRJ), disse em entrevista ao SBT que parte do R$ 1,2 milhão que movimentou vem de negócios como compra e venda de carros -

As explicações de Fabrício Queiroz, o ex-assessor de Flávio Bolsonaro, sobre suas movimentações financeiras atípicas, dadas numa entrevista na quarta (26) ao SBT, não convenceram integrantes da equipe de transição do futuro governo —em especial militares que fazem parte dela. 

 EM CHEQUE 

 A afirmação de que os recursos viriam da revenda de carros não combinaria com os depósitos feitos em suas contas por funcionários do gabinete do então deputado estadual Flávio Bolsonaro.



Nenhum comentário: