quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Ex- assessor do filho de Bolsonaro não comparece para depor no MP


De acordo com o G1, Fabrício Queiroz, ex-motorista do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro, suspeito de ter movimentado R$ 1,2 milhão em uma conta bancária durante um ano, não compareceu ao depoimento no Ministério Público Estadual do Rio, marcado para a tarde desta quarta-feira (19).

"A informação foi dada a jornalistas pelo procurador-geral de Justiça do Rio de Janeiro, Eduardo Gussem, que não esclareceu, porém, se o procedimento foi remarcado", informou o G1.

A apuração em torno do ex-motorista aumenta as suspeitas sobre o esquema por traz das movimentações financeiras de R$ 1,2 milhão durante 2016. Segundo levantamento feito pela GloboNews em cartórios da cidade, Queiroz tem um patrimônio modesto para quem movimentou valores tão altos. Nos últimos 20 anos, o ex-motorista adquiriu apenas dois apartamentos. O primeiro imóvel, de somente 65 metros quadrados, comprado em 1999, fica em um condomínio na Praça Seca e está avaliado em R$ 200 mil.

Via 247

Nenhum comentário: