terça-feira, 20 de novembro de 2018

"O Mais Médicos foi um dos maiores acertos do governo Dilma", disse Romeu Aldigueri, destacando importância dos médicos cubanos


O ex-prefeito de Granja e atual deputado estadual eleito, Romeu Aldigueri, saiu em defesa do Programa Mais Médicos, através de comentários no Facebook. Para ele, "o Programa foi um dos maiores acertos do governo Dilma. Resolveu praticamente a demanda da atenção básica e primária do país no interior brasileiro e nas periferias dos grandes centros urbanos".

"É inaceitável o rompimento de um acordo internacional mediado pela organização pan-americana de saúde por ideologias diferentes em detrimento da população. Saúde não espera acontecer. É preciso bom senso do novo governo", destacou. "Só em Granja temos 12 médicos cubanos há mais de 5 anos realizando um papel fundamental na Ubatuba, Taboleiro, Estreito, Pitimbu, Sambaiba, Iboaçu, Santa Terezinha, Paula Pessoa, Privat, Parazinho, Tiaia e na própria sede do município. Já imaginaram todos esses locais agora sem médicos? Vamos cobrar e exigir do novo governo que não falte médicos em nenhum posto de saúde", disse o ex-prefeito de Granja.

Ainda falando sobre o Programa Mais Médicos, Romeu destacou a importância dos médicos cubanos.

"Meu respeito e admiração a todos os médicos cubanos que há 5 anos contribuem para a melhoria do sistema de saúde de Granja. A todos que estão hoje ou aos que já estiveram. É claro que investimos muito. Construímos 8 (oito) novas UBS- Unidades Básicas de Saúde, reformamos e ampliamos outras 7 (sete), construímos uma UPA 24 hs e reformamos e equipamos o hospital e os postos, além da compra de 12 (doze) ambulâncias em 5 anos. Porém, não adianta só investimentos e infraestrutura nova sem profissionais, e hoje temos 100% de cobertura médica na atenção básica de saúde", pontuou Aldigueri.

"Granja ainda é um município rural com sete distritos e 2/3 da população vivendo na zona rural. Há distritos como Ubatuba há 72 km da sede. E todos os postos tem médicos", concluiu.

Carlos Jardel

Nenhum comentário: