segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Valdir Júnior: Alguém precisa avisar que distribuir título de cidadania não gera emprego aos camocinenses

Os camocinenses, sobretudo jovens, continuam a sentir, na prática, a falta de ações de gestão que tragam emprego e renda em nossa cidade. Promessas nunca faltaram. Ja projetos efetivos e vontade, isso sempre faltou.

A atração de empresas e indústrias, por meio de flexões fiscais temporárias e doação de terreno, por exemplo, alinhado a negociações justas e conversações sensatas, ja ajudaria a mudar o panorama econômico da cidade. O jovem camocinense busca cada vez mais se reciclar, mas aqui não lhe é ofertado mercado de trabalho.

Com o setor privado distendido e a massa salarial assentada na cidade, a economia local desprende-se, o comercio vende, o dinheiro circula e todo mundo passa a ter condições reais de crescimento pessoal, sem precisar bajular políticos.

Portanto, nem se atrai indústrias, nem se faz concurso de verdade. Assim nada muda. Alguém precisa avisar que distribuir título honorífico de cidadania, principalmente sem critério convincente, não gera emprego aos camocinenses. Viajar pro exterior em meio à tantas demandas populares, também não.

Cadê o prestígio ?

Valdir Júnior

Nenhum comentário: