segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Saúde que vem da boca - Dr. Lopes (dentista) é destaque em matéria especial do Jornal O POVO

A matéria especial do Jornal O Povo, intitulada: SAÚDE QUE VEM DA BOCA é de autoria do publicitário e jornalista camocinense, Paulo Emanoel Lopes, e fala sobre a prevenção de doenças na boca, destacando que  "apesar das diretrizes propostas pela Política Nacional de Saúde Bucal, a população segue buscando dentistas somente no momento do aparecimento de problemas", mas que  "hábitos de higiene e alimentares fazem a diferença na dentição".

A matéria destaca também a participação do Cirurgião Dentista Francisco Lopes de Sousa, mais conhecido em Camocim por Dr. Lopes, confira:

No interior do Estado

O cenário apontado pela cirurgiã-dentista Cibele e pelo coordenador de Saúde Bucal da Prefeitura também pode ser encontrado no interior do Estado. É o que nos conta o cirurgião-dentista Francisco Lopes de Souza (CE-CD-2713), que há 25 anos atende em consultório particular próprio em Camocim, município localizado a 340 quilômetros da Capital, mas que também já fez parte de programa público de prevenção em saúde bucal. “As principais demandas ainda são extrações, obturações e próteses, infelizmente”, conta. 

“A realidade do consultório é que fazemos muito mais procedimento corretivo, mutilatório, do que preventivo. Ideal seria o paciente chegar para cuidar da aparência, e não deformá-la. A pessoa já chega com a cárie enorme, se ele não tomar cuidado futuramente esse dente pode dar problema. E se precisar arrancar, se perde uma ferramenta importante, se altera a mastigação, fonação”, relata o dentista.

A solução para boa parte desses problemas bucais encontra-se em procedimentos de alimentação e higiene simples, a exemplo de uma dieta pobre em açúcar, uso correto e rotineiro da escova de dente e ida ao dentista uma vez ao ano, pelo menos, para procedimentos preventivos. 

E em termos de mais saúde bucal coletiva, o caminho seria mais investimento em educação social, defende Lopes. “Se faz necessário contar com uma política de educação preventiva em creches, escolas e outros estabelecimentos de ensino para conscientizar, desde cedo, as crianças da importância da escovação e dos hábitos alimentares saudáveis.”


Carlos Jardel

Nenhum comentário: