terça-feira, 16 de outubro de 2018

No Facebook, Cid reforça pedido de mea culpa do PT e afirma que "Haddad é infinitamente melhor que o Bolsonaro”


Menos de 24 horas após criticar o PT  e exigir que o partido faça mea culpa durante evento no Ceará, o senador eleito Cid Gomes (PDT) afirmou ter comparado os dois nomes que estão no segundo turno das eleições presidenciais, Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).

“O Haddad é infinitamente melhor que o Bolsonaro”, escreveu Cid, que saiu sob vaias ontem da reunião. “Eu não quero me vingar de ninguém. Para o Brasil o menos ruim é o Haddad. Por isso penso que seria melhor que ele ganhasse.”


Na postagem, o pedetista pergunta: “Qual o maior empecilho para que isto aconteça?” Cid responde: “A maioria do povo brasileiro quer virar duas páginas do nosso passado recente! Já virou uma, a do PSDB. E não vou aqui tripudiar sobre o Alckmin…”

De acordo com o ex-governador do Ceará, o eleitorado agora pretende virar a segunda página: “a página do PT!”

Irmão do ex-candidato Ciro Gomes e principal articulador político do pedetista, Cid acrescenta que “a única forma de ajudar a evitar que essa ânsia popular de negação coloque o País numa aventura obscurantista seria uma profunda autocrítica da companheirada seguida de um encarecido e sincero pedido de desculpas“.

O ex-ministro da Educação de Dilma então reitera pedido para que a cúpula petista faça uma autocrítica, mesma cobrança feita ontem em encontro da legenda no Marina Park Hotel, em Fortaleza.

Para Cid, o gesto, que considera crucial, precisa ser seguido por uma “palavra firme do Haddad de que governará suprapartidariamente”.

“Será pedir demais? Muita ingenuidade?”, questiona o senador eleito. “Penso assim pelo Brasil! Ajo assim pelos brasileiros!”

Via Blog do Eliomar

Nenhum comentário: