sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Barroquinha antecipa e intensifica ações da Campanha Nacional de Combate a Sífilis


A Secretaria da Saúde tem se antecipado nas ações sensibilização do Dia Nacional de Combate à Sífilis e à Sífilis Congênita, comemorado no terceiro sábado do mês de outubro. A Unidade de Saúde Dr. José Alves da Silva (Bitupitá II), sob responsabilidade do enfermeiro, Fagner Moreira, realizou sala de espera enfatizando importância do diagnóstico e do tratamento adequados da sífilis como doença sexualmente transmissível. Também foram realizado testes rápidos de Sífilis, HIV, Hepatites B, e C.

A transmissão da sífilis se dá principalmente por relações sexuais, assim como por transfusão de sangue ou contato direto com sangue contaminado, ou ainda, no caso da sífilis congênita, por via vertical da gestante para o filho. Essa última é uma das formas mais graves, pois pode causar má formação no feto. Os efeitos incluem alterações ósseas, surdez neurológica, dificuldades no aprendizado e retardo mental.

Informações da SMS de Barroquinha

Nenhum comentário: