sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Lulu Santos faz show em Fortaleza

Com o frescor e a inspiração que um amor traz, Lulu Santos está com nova música no repertório. Hoje em Dia celebra a mais recente fase do guitarrista, cantor, compositor e produtor musical, anunciada em julho último, por meio do Instagram. Bastante discreto em sua vida pessoal, Lulu surpreendeu os seguidores ao publicar foto com seu namorado, o baiano Clebson Teixeira. E a receptividade foi imensa. "A maior parte só deu força/Chegou pra se regozijar/Numa torrente de amor/Exemplar", canta o artista em sua nova composição.

Lulu traz este e antigos sucessos da carreira ao Ceará neste fim de semana, no show Canta Lulu, no Aquaville Resort. Os ingressos para o show, que acontece neste sábado, ainda estão à venda, variando de R$ 40 (meia/arena) a R$ 800 (mesa premium com quatro lugares).


Outra composição desta nova leva é Orgulho e Preconceito, também lançada em 2018. Nela, Lulu fala sobre a libertação do julgamento alheio, para que o amor possa fluir de forma mais plena. "Ouça o coração mais que a um preconceito/Pra poder dizer do fundo do peito/Lux, te amo/Preconceito não", canta. Lulu conta, por entrevista via e-mail, que é levado a compor hoje pela "vida da forma que ela me acontece e, sobretudo, o amor", contextualiza.

Nos anos 1980, o carioca fez estourar Toda Forma de Amor, um ícone da música brasileira até hoje. Ele conta que muita coisa mudou neste ínterim, ao mesmo tempo em que muito de sua essência permanece inalterado. "Trinta anos se passaram, e eu apenas pregava o que não fazia, como quem acende uma vela votiva. Por outro lado, nada mudou, continuo a ser quem sou. E, a esta altura, quem sempre deveria ter sido", avalia.

O amor, nas mais diversas formas, é uma constante na construção das narrativas musicais do carioca. Entre os sucessos que Lulu traz na bagagem, estão músicas, como Apenas Mais Uma de Amor, Adivinha o Que?, Um Certo Alguém (em parceria com Ronaldo Bastos) e Tudo Com Você. Esta última é resultado de encontro com o poeta cearense Fausto Nilo, feita para a então esposa de Lulu, a jornalista Scarlet Moon (casada com o artista por 28 anos, morta em 2013). "Fausto morava no Rio de Janeiro no início da década de 1980 e circulávamos na mesma roda social. Eu ainda era inseguro como letrista. Foi mão na luva".

O show com o qual Lulu está viajado o País e, agora, apresenta em Fortaleza, tem outra peculiaridade: cerca de oito músicas da trajetória da mutante Rita Lee estão no repertório. As canções de Rita foram gravadas pelo cantor em álbum lançado no fim de 2017, chamado Baby, Baby (trecho da música Ovelha Negra). Após período sabático sem fazer shows, que durou todo o ano passado, Lulu voltou aos palcos em 2018 com esta homenagem. A vontade era antiga, mas foi há pouco tempo que ele percebeu que havia chegado o momento. "(Foi) em fevereiro do ano passado, de férias em Miami, depois de ler a biografia de Rita", contextualiza. "Nelson Motta, há pouco tempo, me lembrou que, num encontro em Londres, nos anos 1990, eu já falava disto".

O POVO



Nenhum comentário: