terça-feira, 24 de julho de 2018

General Theophilo diz que possível articulaçao PR-PROS não afetará a aliança no Ceará


Pré-candidato ao Governo do Ceará na chapa de oposição, o general Guilherme Theophilo (PSDB) afirmou ontem que a possibilidade de união nacional entre PT e Pros em nada interfere no acerto fechado em nível local. “Esse é problema do Pros e não meu. Se ele é PT nacional, aqui ele fechou com a gente”, disse, durante o evento PSDB Mulher, realizado no Hotel Luzeiros, na avenida Beira Mar.

General Theophilo ressalta, como resultado da aliança entre PSDB com o Pros no Ceará, a definição de Luiz Eduardo Girão (Pros) como primeiro nome da chapa na disputa por vaga no Senado, além do apoio do PSDB à candidatura de Capitão Wagner, que tentará se eleger para a Câmara Federal. “Acredito que eles mantenham a coerência, que eles pregaram isso na pré-campanha tanto do Eduardo Girão quanto na minha, que estávamos fechados”.

Questionado pelo O POVO Online sobre a articulação nacional entre PT e Pros, o presidente do PSDB no Ceará, Francini Guedes também defende que a influência no Ceará é nula. “Aqui já tá tudo definido. Um dos senadores (Girão) é nosso, já fizemos reunião várias vezes. Não tem nem mais o que discutir”, defende. Já o deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB) resumiu-se a dizer que a questão é de “foro íntimo” dos dois partidos

(O POVO/Foto – Alex Gomes)
Blog do Eliomar

Nenhum comentário: