sexta-feira, 29 de junho de 2018

Nepotismo - Vereador César Veras, presidente da UVC, tem esposa e irmão "mamando" altos salários na Prefeitura de Camocim


Achando pouco o salário que o vereador César Verás - presidente da UVC-União dos Vereadores do Ceará, ganha do povo de Camocim no valor  R$ 10.500 (dez mil e quinhentos reais) por mês, a prefeita Monica Aguiar e o deputado Sérgio resolveram nomear  a esposa e o irmão do vereador em cargos de confiança.

 Ana Carolina Tomaz de Queiroz, esposa de César Veras, ganha do povo de Camocim, como Ouvidora Municipal da Saúde, lotada no Gabinete da Prefeita, um salário de R$ 2.583,98 (dois mil, quinhentos e oitenta e três reais e noventa e oito centavos). Já o irmão do vereador, Felipe Araújo veras, ganha um salário de R$ 7,000 (sete mil reais) como Presidente da Comissão de Programação Financeira  da Prefeitura de Camocim.

Só pra lembrar, o caso é de nepotismo, crime de improbidade administrativa e já foi denunciado ao Ministério Público Estadual pelo Wagner Monteiro.

Alfinetada

O vereador Lera, que adora dar lições de moral pro 'pessoal' da oposição, na Tribuna da Câmara , se insinuando como um politico correto, descente, imáculo, defendendo os atropelos administrativos de seus donos políticos (Sérgio e Monica), não tem essa moral toda que imagina ter. Não é o exemplo de parlamentar almejado pela sociedade na sua imensa maioria. Ele é apenas um sujeito despolitizado e  bem vestido às custa do povo. Um sepulcro caiado! Um "nada" mais! 





Carlos Jardel

Nenhum comentário: