domingo, 8 de abril de 2018

Viralizou - a foto de Lula carregado pela multidão antes de se entregar.


Neste sábado, 7 de abril, Francisco Proner, 18, fotografou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nos braços de uma multidão, no Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo. Feita logo após o discurso e algumas horas antes do ex-presidente se entregar à Polícia Federal, a imagem viralizou nas redes sociais. Em seu site pessoal, o fotógrafo diz que seu objetivo é “contar a história das pessoas que menos recebem atenção. Para ele, a fotografia tem o poder de conscientizar e de mudar a sociedade”.

Com Lula (arquivo pessoal)
Mesmo tão jovem, o fotógrafo tem uma trajetória expressiva para qualquer profissional. Em 2016, venceu quatro vezes o concurso “Sua foto”, da National Geographic, e teve uma foto publicada na revista. Em 2017, concluiu o curso de Dramaturgia e Escritura Documental na Escola Internacional de Cinema e Televisão (EICTV), em Cuba. No mesmo ano, foi convidado para participar de um workshop na Magnum Photo, agência fundada em 1947 por Henri Cartier-Bresson e Robert Capa, dois ícones da fotografia mundial. Hoje integra o Coletivo Farpa e também contribui para a Mídia Ninja.

Proner em atuação noutra manifestação (arquivo pessoal)
Francisco é filho da jurista Carol Proner, doutora em Direito e professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Ela integra a Frente Brasil de Juristas pela Democracia e é autora do livro “Comentários a uma sentença anunciada: o caso Lula”, que reúne artigos de uma centena de juristas sobre a decisão do juiz Sérgio Moro. Portais de notícias apontam que ela namoraria o cantor Chico Buarque.

Redação O POVO Online

Nenhum comentário: