segunda-feira, 23 de abril de 2018

Quanto custa um vereador de Camocim que "saiu do sol para a sombra"? O Papa-Tudo saberia responder?

Quem tem fama de comprar vereadores em Camocim? 


Se fossemos puxar pelos primórdios da politica de Camocim, com certeza iríamos encontrar na linha do tempo o falatório polêmico da população sobre "compra e venda de vereadores". Iríamos identificar na história, contada por populares, quem comprou e quem se vendeu. Porém, nesta postagem, vamos falar das polêmicas mais recentes, iniciando  pelo episódio que ficou conhecido por "raparigas do cabaré", no ano de 2013, quando os vereadores Emanoel Vieira, Mastrolhano e Jeová Vasconcelos abandonaram a Oposição, comandada pelo ex-prefeito Chico Vaulino, para se aliar ao grupo de Sérgio Aguiar, livrando-o das malhas da Ficha Suja, votando em sua defesa, contra o parecer do TCM. 

O que a população falou sobre este episódio? Resposta: falou que os três vereadores se venderam - e se venderam muito caro - pro Sérgio Aguiar! 

Bem antes do "raparigas do cabaré", temos o caso do ex-vereador Paican, que se elegeu no palanque de Vaulino mas  mesmo antes de assumir , já se debandara para o lado de Sérgio Aguiar.

O que a população falou sobre este episódio? Resposta: falou que o vereador se vendeu pro Sergio Aguiar! 

O que se falou na cidade dos suplentes de vereadores Irmão Edilberto, Oliete, Naldo da Mercearia e  Beija Flor, que também receberam expressiva votação em suas candidaturas pedindo votos no palanque de Chico Vaulino? 

Resposta: falou que os suplentes de vereadores se venderam pro Sergio Aguiar! 

O caso maias recente, um dos mais escandalosos, foi o do vereador Ricardo Vasconcelos, ferrenho combatente do grupo de Sérgio Aguiar, que protocolou diversas denuncias contra o Governo Monica, que vivia batendo boca na Tribuna da Câmara com os vereadores da bancada governista, especialmente com o César Veras. Dono de um discurso forte e recheado de ironias contra Sérgio Aguiar...Pois bem, ele, Ricardo, agora, defende com unhas e dentes o casal Aguiar. Senta-se ao lado dos seus ex-rivais políticos. 

O que o povo falou - e ainda fala - sobre isso? Resposta: que o vereador Ricardo se vendeu pro deputado Sérgio Aguiar por muito dinheiro! 

Alguém duvida que estes vereadores e suplentes se debandaram pro lado do deputado Sérgio Aguiar por amor? Quem duvida que eles não se venderam pro Serginho? 

É muito cômodo, agora, para o grupo da prefeita, através dos seus blogues de apoio, insinuar que os vereadores James, Oliveira e Zezinho se venderam...E os demais? eis a resposta que li hoje cedo nas redes sociais: "é porque quando se trata do Sérgio Aguiar, eles omitem"

É  bom lembrar que estes três vereadores "saíram da sombra pro sol". E com um detalhe: eles foram expulsos por Sérgio e Monica, que também não teriam cumprido os acordos firmados em campanha eleitoral com os edis.

Já os vereadores e suplentes que saíram da Oposição, fizeram o movimento mais convencional: "do sol pra sombra", por quanto? Não sei! Apenas reproduzo o que está na boca do povo: "eles se venderam e não foi barato!". O Papudo poderia responder esta pergunta?

Detalhe:

Os vereadores aproveitaram a oportunidade para "pular do barco furado"; um governo incompetente, sem transparência, sem diálogo e autoritário, que não cumpre promessas, que maltrata aliados e que sinaliza queda total nas eleições de 2020.

A última pergunta: Quem tem fama de comprar vereadores em Camocim? 

Carlos Jardel

Nenhum comentário: