terça-feira, 3 de abril de 2018

ONGs fiscalizam escolas da Rede Pública Municipal de Camocim e detectam várias irregularidades

A ONG Olho Vivo de Camocim está realizando em parceria com a ONG ACECCI, de Fortaleza,  uma ampla  fiscalização em todas as escolas da rede pública municipal de Camocim, tanto da Sede como da Zona Rural. Várias irregularidades estão sendo detectadas pelas equipes de fiscalização. Eis algumas: produtos da merenda escolar com prazo de validade vencido; falta de legumes e verduras na alimentação; ao invés da popa da fruta, que possuem mais vitaminas, o suco industrializado feito garapa é o que está sendo servido aos alunos; escolas funcionando com alvará sanitário vencido e com muitos problemas nas estruturas físicas; bebedouros de todas as escolas sem o certificado de água potável, conforme exigência da Vigilância Sanitária, algo que levanta suspeita sobre a qualidade da água consumida pelos alunos; inexistência, em todas as escolas,  do alvará do Corpo de Bombeiros e de extintores de incêndio.

A fiscalização está sendo acompanhada por uma comissão do Conselho Municipal do FUNDEB. No fanal  será feito um relatório e entregue a Secretaria Municipal da Educação, a Prefeita Monica e ao Ministério Público Estadual e Federal.

No mês passado, março, a fiscalização ocorreu em todos os postos de saúde da Sede e zona Rural de Camocim,  ocasião em que foram encontradas também diversas irregularidades.

As ONGs mantém parceria com o Ministério Público e com a CGU Controladoria Geral da União.

Carlos Jardel


Nenhum comentário: