sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Tiririca teve o direito de privacidade de paciente violado na UPA de Camocim. Caso pode render processo e demissão de servidores

Está circulando nas redes sociais a foto do Tiririca deitado em um leito de observação da UPA 24h de Camocim, enquanto recebia medicação na veia, para se recuperar de um mal estar que sofreu logo após encerrar sua apresentação na noite de ontem, dia 4, na AABB de Camocim. O artista teve o direito de sua privacidade, enquanto paciente, violado. Caso queira, poderá processar a Unidade por violação de seus direitos, como também o profissional que o fotogravou poderá ser demitido, caso a direção da UPA averigue e identifique o autor da fotografia.. 

Caso semelhante aconteceu com o Jogador Neymar, que foi filmado por uma enfermeira quando deu entrada no Hospital São Carlos, em Fortaleza, após ter sofrido uma fratura em sua vértebra durante jogo na copa do Mundo de 2014. A direção do Hospital despediu a enfermeira. Relembre do caso AQUI

Carlos Jardel

Nenhum comentário: