sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Patrimônio de Jair Bolsonaro e filhos se multiplica em apenas dez anos

Reportagem publicada neste domingo, 7, pela Folha de S. Paulo levanta suspeita de lavagem de dinheiro feita pelo candidato à presidência Jair Bolsonaro e seus outros três filhos envolvidos na política. Segundo apuração do jornal, a família possui 13 imóveis com valor de mercado de pelo menos R$ 15 milhões, sendo a maioria em locais altamente valorizados do Rio de Janeiro. As principais aquisições foram feitas nos últimos dez anos, período no qual Jair, Flávio, Eduardo e Carlos Bolsonaro se dedicaram apenas à política.

A suspeita de corrupção vem do levantamento do jornal em cartórios, que mostra que os principais apartamentos e casas comprados nos últimos dez anos registram preços de aquisição bem abaixo da avaliação da Prefeitura do Rio à época. Duas das casas mais caras da família, localizadas em um condomínio à beira-mar na Barra, um dos pontos mais bem localizados da casa, teriam tido uma valorização de 450% no período %u30FC quando, de acordo com dados do Sindicato das Empresas do Ramo Imobiliário (Secovi - RJ), a alta foi de apenas 61%.

Jair Bolsonaro tem salário bruto de R$ 33,7 mil como deputado federal (líquido de R$ 24 mil), além do soldo de R$ R$ 5,6 mil, segundo o Exército. De acordo com o jornal, o valor real dos imóveis da família representa cerca do triplo que essa declarou à Justiça. Quando procurados pela reportagem para responder sobre o assunto, Jair e Carlos Bolsonaro não deram resposta e os outros dois filhos responderam de forma evasiva.

No Blog da Família Bolsonaro, os políticos se defenderam por meio de postagem na manhã deste domingo, 7, definindo as acusações como “calúnia” e “mentira da esquerda amedrontada”. Na publicação, foram colocados links que explicariam a situação, mas que levam a páginas do Facebook inexistentes.

Redação O POVO Online

Nenhum comentário: