quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Falta de transparência: a placa sumiu!

O prazo era de apenas 120 dias, mas a obra se arrasta para o 4º ano.


A placa que constava a descrição do serviço de construção do monumento da entrada de Camocim foi retirada nesta semana. A obra que recebeu recentemente uma acelerada no processo de execução voltou a paralisar novamente. 

Na melhor das hipóteses, o motivo seria a atualização de informações pertinentes. De acordo com o Art. 8°-A da Lei 8.666/93 é obrigatória a fixação de placas informativas sobre contratos celebrados para execução da obra, contendo prazos, valores e órgão responsável.  

Anunciada em 2014, a obra do monumento urbanístico avança para o seu 4° ano sem conclusão. O prazo estipulado inicialmente no contrato de licitação seria de apenas 120 dias, mas a execução do serviço foi interrompida várias vezes por falta de repasse da verba de contrapartida do Governo do Estadual, segundo alega a Prefeitura de Camocim. 

Dentro do pacote de ações para 2018 na área de infraestrutura, o executivo municipal prossegue com a continuidade de obras consideras importantes, como o saneamento básico. O que se sabe ainda é agenda de prazos. 

André Martins/CPN 

Nenhum comentário: