sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Erasmo cobra, via MP, explicações da prefeitura sobre quantidade absurda de contratados e o pouco número de vagas no concurso


O Vereador Erasmo Gomes protocolou junto ao Ministério Público do Estado do Ceará uma representação solicitando explicações da prefeitura de Camocim sobre a contratação anual de dois mil servidores temporários e os motivos pelo qual a prefeita Monica, diante da necessidade explicita na contratação irregular temporária, disponibilizou somente 220 (duzentas e vinte) vagas no novo concurso público.  

"Porque são apenas  duzentas e vinte vagas, se  temos, durante o ano, mais de dois mil contratados?", questionou o vereador, completando : "se o Município, durante o ano, precisa de mais de duas mil pessoas, é inconcebível e  injustificável um numero tão ínfimo de vagas", questionou o vereador Ricardo Gomes, informando que, além da representação junto ao MP, também enviou oficio solicitando informações a respeito do quadro de funcionários , "para poder mensurar a real situação do funcionalismo púbico de Camocim". Confira o vídeo AQUI.

Carlos Jardel

Nenhum comentário: