segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Prefeito Sérgio Aguiar e sua assistente, Monica Aguiar, derrotam a seleção de futsal de Camocim


A prefeita Monica e seu esposo, o deputado Sérgio Aguiar, deixaram, mais uma vez, claro e evidente, que o esporte não é uma de suas prioridades, a começar pela nomeação do secretário da Pasta, o ex- vereador Bené Firmo, sem formação profissional alguma no ramo e sem experiência que o qualifique para a função de administrador da politica que trata do desenvolvimento da Juventude. E assim,  já São 5 (cinco) anos de gestão equivalentes a 05 (cinco) anos de atraso nesta área, sem incentivo significante para os despotistas. A visão preponderante mostra poucas quadras construídas, e as poucas existentes, encontram-se em estado de abandono, tanto na sede como no interior. 

- É bom não esquecer que, ao longo deste tempo, Camocim não entrou no campeonato estadual de futebol de campo e nem no de futsal. Apenas participou duas vezes, e de forma melancólica, da Copa TV Verdes Mares, sendo desclassificado ainda na primeira fase. 

Nesta última edição da Copa TV Verdes Mares, no Zonal de Granja, Camocim amargou o último lugar, depois de receber duas goleadas com placar de  6 a 3 e 6 a 1 AQUI, sendo que na última partida, já sem chances de passar para a fase seguinte, protagonizou um espetáculo de pancadaria, numa situação de desespero, que demostrou tão somente a falta de apoio por parte do poder público. Diferente das seleções de  Granja, Uruoca e Martinópole que receberam incentivo e os devidos investimentos para que as esquipes pudessem disputar num patamar mais qualificado, com chances reais de vitórias. 

E para carimbar a falta de apoio e  descaso,  a prefeita Monica e o deputado Sérgio não foram prestigiar a seleção de Camocim. Eles não comparecerem em nenhuma das partidas no Ginásio Arrudinha . Cruzaram os braços e mantiveram-se distante. O deputado Sérgio preferiu prestigiar um torneio de futebol de campo na  Baixa do Cedro, uma comunidade de 50 (cinquenta)  famílias, localizada na fronteira de Granja com Viçosa do Ceará.

O que repercute nas redes sociais e entre os desportistas, não é a derrota da seleção camocinense, mas a falta de investimentos por parte do Governo Municipal.

Carlos Jardel

Nenhum comentário: