sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Bancada da prefeita vota contra o pedido de suspensão da cobrança da taxa de "água salgada" em Amarelas


Marcos Coelho:  A Prefeitura arrecada, vergonhosamente, sem prestar o serviço mínimo de qualidade


Por 7 votos a 3, a  bancada da prefeita Monica desaprovou na Câmara o requerimento do vereador Marcos Coelho, que solicitava a suspensão da cobrança da taxa de água do SAAE, na sede do Distrito de Amarelas, até que a qualidade da água viesse a ser restabelecida. 

"A água estar imprestável para consumo humano, para cozinha ou mesmo para lavar roupas", disse o autor do requerimento.

A bancada  controlada pela chefe de Executivo já havia reprovado os requerimentos do vereador Marcos  que pediam a suspensão da taxa nas comunidades de Tatajuba e nas Flamengas dos Ferreiras, que também enfrentam a mesma situação.

" a Prefeitura arrecada, vergonhosamente, sem prestar o serviço mínimo de qualidade", lamentou o vereador ao postar no Facebook resultado da votação.

Da bancada de situação, faltaram; A vereadora Lúcia , o presidente Kléber  e o vereador Oliete. Já na bancada de oposição apenas o vereador Erasmo não compareceu. A sessão foi presidida pelo vice-presidente, Oliveira da Pesqueira.


Carlos Jardel

Nenhum comentário: