sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

A Situação caiu de bico na carniça! Papudo, você que tem experiência, quanto custa um vereador?


Eis que, de repente, a imprensa local, do deputado Sérgio Aguiar, passou a abordar a compra e venda de vereadores, e para isso se abraçou com todas as possibilidades possíveis ao episódio da briga entre os deputados Robério Monteiro (PDT), estadual, e o federal Zé Aírton (PT), noticiado pelo sit Ceará News 7 AQUI. Mas não foi um abraço dado na questão moral, afinal de contas, o grupo do deputado  não tem crédito algum para abordar a moral politica de ninguém, haja vista que é um dos mais imorais do Ceará. Precisamos lembrar do desvio de verbas do SUS no Hospital Deputado Murilo Aguiar ? Ou da corrupção eleitoral que cassou o mandato da prefeita? Muito embora isso não venha ao caso, neste episódio, mas já seria motivo suficiente para  duvidar das boas intenções da "Imprensa Aguiar" -  Rádio e blogs -  que nunca trataram destes episódios. Nunca escreveram uma linha critica sobre estes assuntos apurados pela Policia Federal, pelo Ministério Público Estadual, e condenados pela Justiça.

Bom, mas o tema em questão, exibido pela imprensa estadual é: compra de vereadores! Quanto custa um? 

Essa pergunta poderia ser respondida pelo próprio Sérgio Aguiar, ou pelos próprios vereadores da bancada da prefeita. 

Quanto o deputado pagou para não ser preso nas malhas da  Lei da Ficha Suja, no episódio "raparigas do cabaré"? Quanto ele pagou pelo voto do Emanoel Vieira, do Mastrolhano e do Jeová? 

Quanto custou o apoio do Chiquinho do Peixe? 

Quanto o deputado Sérgio pagou pelo apoio do vereador Ricardo - caso mais recente? 

Quanto custou o Paican, o  Irmão Edilberto,  o Oliete e o Pastor Elzênio?  

Foram todos por amor? 

Quantas vezes a imprensa imparcial do deputado Sérgio Aguiar tratou destas questões?  Nenhuma! 

Então, nos poupem desta falsa moral, desta falsa imparcialidade.

Já com relação aos supostos 300 mil reais dados, por cabeça, aos vereadores da Oposição, pelo deputado Robério Monteiro, que as autoridades competentes investiguem.

No mais: o deputado Federal  do Chico Vaulino é o Zé Aírton do PT. 

E não me encham o saco com este negócio de "imparcialidade". 

Carlos Jardel

Nenhum comentário: