quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Sem acordo, os ex-militares Capitão Wagner e Cabo Sabino brigam pela mesma vaga na eleição de 2018

O coordenador da bancada federal do estado do Ceará, deputado federal Cabo Sabino (PR/CE), reafirma a sua pré-candidatura à reeleição em 2018, descartado a possibilidade de concorrer uma cadeira na Assembleia Legislativa do Ceará, como havia sido ventilado anteriormente.

Sabino, recentemente havia anunciando que estava de malas prontas para desembarcar do PR, preparando sua migração para o Podemos. No mesmo período, negou distanciamento do seu padrinho político o deputado estadual Capitão Wagner, que continuariam aliados para as próximas eleições.

Diante do enfraquecimento da oposição no Ceará, o esforço de Wagner que pretendia unir um grupo forte para tentar frustrar a reeleição do governador Camilo Santana (PT) fica a cada dia mais difícil. Pretende como plano B, alçar voos numa vaga de deputado federal, em Brasília.

A possibilidade levantada de dois nomes que representam a mesma categoria se postularem a mesma vaga, pode representar um distanciamento político ou uma ousadia eleitoral.

Os ex-militares, foram eleitos na mesma chapa fazendo dobradinha em 2014, agora irão disputar os mesmos votos na eleição do próximo ano. Da parte de Wagner, o discurso é que os dois não disputarão os mesmos votos, mas sim, “cada um procurariam os votos de cada um”.


Com informações do Jornal O Povo
Via Camocim Portal de Noticias

Nenhum comentário: