quarta-feira, 22 de novembro de 2017

"Procure os garis para realizar seu parto", disse um médico do hospital de Camocim para mulher gestante de 9 (nove) meses

 A senhora Evaneuda procurou o Hospital Dr. Vicente Arruda, da cidade de Granja, onde realizou o parto cesariano e disse ter sido bem atendida 



A senhora Evaneuda Araújo Mendes, do distrito de Guriú (Camocim), relatou  que no último dia 16, deu entrada, grávida de 9 (nove)  meses, no Hospital Deputado Murilo Aguiar, por volta das 10h, mas só fora atendida às 15h. Ou seja, ela aguardou o atendimento sentada em uma cadeira por mais de 5 (cinco) horas, e  ainda teria sido mal atendida por um  médico, que lhe dificultara a realização do parto cesariano. Questionado  pela gestante sobre alguns procedimentos, o médico  teria dito para que a mulher  procurasse "os garis da rua" para fazer o parto.

Diante do desconforto, da arrogância, do mal atendimento, da humilhação, da incerteza quanto a garantia de um parto tranquilo e o medo de ser mais uma vítima fatal do Hospital Deputado Murilo Aguiar, a senhora Evaneuda procurou o Hospital Dr. Vicente Arruda, da cidade de Granja, onde realizou o parto cesariano e disse ter sido bem atendida desde a recepção até a mesa de cirúrgia do parto.

Confira o vídeo

Carlos Jardel 

Nenhum comentário: