sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Vaga de babá em Fortaleza proíbe celular, filhos pequenos e exige candidata magra


"Seja magra (pois precisa caber no carro já que são duas cadeirinhas no banco de traz" (sic). Essa é uma das exigências da vaga de emprego para babá, em Fortaleza, que foi postada nas redes sociais na última quarta-feira, 18. Além disso, o perfil - que já foi excluído do Facebook após polêmica entre internautas - procura candidatas que não tenham filhos menores de 5 anos e nem "vícios de celular", o uso é proibido durante os dias de trabalho.

As exigências são ilegais, de acordo com o juiz do trabalho, Konrad Saraiva Mota, da 7ª Região do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/CE).

A babá irá cuidar de um bebê de três meses e uma criança de três anos, com remuneração de R$ 1 mil para 15 dias de trabalho consecutivos seguidos de 15 dias de folga, porém "devendo ficar sobreaviso para trabalhar caso seja necessário". O anúncio ainda diz que enquanto as crianças estiverem na creche, a futura contratada terá que auxiliar nas atividades de casa, como limpar e cozinhar.

Outras exigências da vaga que também chamam atenção é o fato da contratante exigir que a candidata "não pode ter problemas familiares que a obrigue a faltar o serviço" e tenha idade entre "20 e 30 anos".

Após a repercussão negativa nas redes sociais, o perfil que postou a vaga apagou a publicação e exclui a conta no Facebook.

Um internauta comentou ironizando no Facebook "Busco: Babá do palácio de Buckingham. Pago: Dois pastel e um chops" (sic). Já outra comentou, "não ter problemas familiares que obrigue a faltar o serviço - vulgo NÃO TENHA SEUS PRÓPRIOS FILHOS....deixa que só nós tenhamos uma família, enquanto você perde sua vida cuidando dela pra nós" (sic).

 Redação O POVO Online

Nenhum comentário: