quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Em Jericoacoara, Antonia Fontenelle e Luana Piovani denunciam agressão contra amigos


As atrizes Antonia Fontenelle e Luana Piovani publicaram nesta terça-feira, 17, em suas contas no Instagram, vídeos denunciando que seus amigos foram espancados na praia de Jericoacoara, em Jijoca de Jericoacoara, no Ceará.

Piovani pediu para que seus seguidores tomem cuidado e relatou: "Existe um grupo de homens locais que ditam as regras de lá e violentam quem não se adequa. Meus amigos foram espancados. Lá não tem delegacia. Eles (amigos) voltaram e sentindo-se acuados e estão pensando em que providências tomar", escreveu a atriz na legenda do vídeo.

Luana também fez um apelo às autoridades locais. "Existem também homicídios que nunca foram solucionados e não há nenhum policiamento. Vagabundos cheiram cocaína na praia ao lado das barracas de drinks. Eu vi quando estive lá!", relatou.

“Cancelem os seus pacotes, peçam seu dinheiro de volta”, diz Antonia, que afirmou que quem for ao local corre risco de vida. No vídeo, ela dá o nome de quem estaria liderando um grupo de seis homens que teriam espancaram seus amigos. Ela também fala dos preços na cidade. “Um lugar caríssimo. A diária de uma pousada em Jericoacoara custa mais que um hotel cinco estrelas na melhor cidade da Europa”. Após a denúncia, o perfil do acusado das agressões foi bloqueado.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que o policiamento na localidade de Jericoacoara é composto por 20 policiais militares e duas viaturas permanentes do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur), durante 24 horas por dia. Afirmou ainda que, na madrugada do último sábado, 14, dia da ocorrência, uma composição da Polícia Militar foi até o local, onde ocorria o evento particular.

De acordo com os profissionais de segurança, lotados no BPTur, a orientação feita no primeiro atendimento foi que as pessoas, que sofreram as agressões, registrassem o Boletim de Ocorrência (B.O). Sobre a agressão, a SSPDS informa que a Delegacia Municipal de Jijoca de Jericoacoara está ciente do caso e policiais civis estão em investigações, no intuito de verificar a existência de imagens de câmeras na área, bem como realizar levantamentos necessários para identificar os agressores. 

Redação O POVO Online

Nenhum comentário: