sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Alô, Prefeitura de Camocim! Volte a olhar pelo nosso calçamento.

Em meados de maio de 2017, a Prefeitura de Camocim anunciava, com certo alarde, uma operação “tapa-buraco”. A empresa responsável pela obra foi a Global Empreendimentos que, na execução dos serviços de reforma e pavimentação em pedra tosca na sede do município de Camocim, no ano de 2017, já embolsou R$ 272.980,63.

A citada operação, em sua primeira etapa, se encarregou de beneficiar 30 ruas, situadas numa área que tinha como limites o quadro formado pelas ruas Siqueira Campos, Antonio Zeferino Veras, Dr. Raimundo Veras, Esplanada do Porto e Avenida Beira Mar. Passados quase cinco meses, trechos situados nesse perímetros já dão sinais de necessários reparos, tais como os cruzamentos da Riachuelo com a Tiradentes, da João Pessoa com a Tiradentes, da Humaitá com a Dr. João Tomé e da Santos Dumont com a Quintino Bocaiúva.

E a segunda etapa, quando será anunciada e executada? É preciso contemplar bairros como Boa Esperança, Olinda, Rodagem do Lago e São Francisco, os quais contam com trechos bem problemáticos, como parte da Rua Esperantina. Some-se a isso o estado em que ficam algumas ruas após a necessária e importante obra do saneamento básico.

Cuidar bem da pavimentação de nossas ruas deve ser algo constante, e não pontual. Não se pode deixar aglomerar os problemas para que a solução seja trazida como um grande feito. Trocando em miúdos, menos apoteose e mais efetividade! O cidadão espera o devido, ágil e eficiente atendimento a demandas deste tipo, prova do compromisso da gestão com o bem-estas dos munícipes.

Professor Mário Roberto

Nenhum comentário: