terça-feira, 12 de setembro de 2017

E O PROJETO DE REDUÇÃO DO SALÁRIO DOS VEREADORES DE CAMOCIM?


Na campanha eleitoral do ano passado, no palanque da oposição, o então candidato Sanção - não eleito - levantou como uma de suas principais propostas um projeto de lei para a redução do salário dos vereador de Camocim. O Marcos Coelho, que foi eleito vereador, nos bastidores também alimentava esta questão. O vereador Erasmo Gomes, quando eleito, publicou a informação de que este seria um de seus primeiros projetos a ser apresentado na Câmara. O assunto, nas redes sociais, sempre foi bem aceito, e bem discutido. Ocorre que até por estas datas,  apesar das expectativas geradas na população, nada foi feito! É como dizem os mais velhos: nem mel, nem cabaça!

Um vereador de Camocim ganha, bruto R& 10, 5 mil. E as sessões legislativas acontecem apenas 1 (uma) vez na semana, quatro no mês. 

Em tempo:  É uma questão "espinhosa", atiça a opinião pública e não é do gosto de todos os vereadores. Por isso, é natural  que haja algum receio por parte do proponente, haja vista que gera desconforto entre as duas bancadas. 

Até o momento, no sentido de colocar os vereadores para produzir mais, apenas o vereador Marcos Coelho apresentou um projeto mais descente, sugerindo que as sessões legislativas pudessem ocorrer duas vezes na semana. Mesmo assim, a proposta foi rejeitada pela bancada da prefeita.

Carlos Jardel

Nenhum comentário: