sexta-feira, 1 de setembro de 2017

ADVOGADA PEGA NO AVIÃO COM DROGAS EM CAMOCIM É PRESA EM TOCANTINS

A advogada Innis Rosa de Castro Faria, detida em um avião que fazia um trecho de uma rota internacional do tráfico de drogas e acabou apreendido em Camocim, no último dia 19 de agosto, se apresentou à Polícia do Estado do Tocantins e está presa. Havia um mandado de prisão preventiva em aberto contra ela, expedido pela 1ª Vara da Comarca de Camocim.

Innis Faria estava com o namorado, o piloto e analista de sistemas Júlio César Arraes Vieira Filho, no monomotor de prefixo PU-MJU, quando a aeronave foi interceptada pela PM, no Aeroporto de Camocim. As informações sobre o pouso tinham partido do Núcleo de Inteligência da Polícia Federal.

A advogada e o piloto foram levados à Superintendência Regional (SRCE) da Polícia Federal para prestarem esclarecimentos sobre o voo. Os dois disseram que ela não tinham conhecimento dos 26 tabletes de cocaína, pesando cerca de um quilo cada um, que estavam em uma mala. Innis Faria disse que era professora universitária e funcionária pública e acabou sendo liberada, após o depoimento.

No entanto, o entendimento do juiz que estava de plantão em Camocim é que ela poderia saber dos entorpecentes e a prisão da advogada foi decretada.

Rota

O piloto disse à Polícia que pensava estar transportando ouro e que foi ameaçado por funcionários de um garimpo para fazer a viagem. Ele partiu de uma rota aérea já conhecida dos investigadores, que sai da Região Norte ou Centro Oeste, trazendo cocaína da Bolívia para o Nordeste.

(Diário do Nordeste)

Via Camocim Portal de Noticias

Nenhum comentário: