segunda-feira, 28 de agosto de 2017

HIPOCRISIA: PREFEITA MONICA DIZ PRO BISPO DE TIANGUÁ QUE SEGUE AS ORIENTAÇÕES DO PAPA FRANCISCO E ENSINAMENTOS DA FÉ CATÓLICA

O único Francisco que ela segue, é o Francisco Aguiar (Chico Promessa), seu sogro, que: de Papa, não tem nada!




A prefeita  de Camocim, Monica Aguiar,  juntamente como seu  esposo Sérgio Aguiar,  participaram no último sábado (26) da reunião dos prefeitos e prefeitas das cidades que compõe a região diocesana de Tianguá. O encontro foi convocado pelo novo Bispo, Dom Edimilson Neves, e ocorreu na sede da Diocese (Tianguá), foi um evento fechado e o Governador do Estado, Camilo Santana,  também participou - certamente o novo bispo pretende conhecer e exortar os políticos para que cuidem melhor do povo, desenvolvendo ações que promovam a dignidade humana, principalmente dos mais pobres-. Ocorre que a prefeita Monica, na hora de seu discurso, exagerou na dose de hipocrisia , insinuando que segue os ensinamentos do Papa Francisco e, de modo geral, da fé católica, e que "é esta fé que a faz sonhar com os pés nos chão" e a "faz olhar  com responsabilidade  para os mais carentes e mais necessitados". Ela disse ainda que aprendeu  a arte da politica com seu maior professor, o oligarca "Chico Aguiar", seu sogro, ex-deputado e ex-presidente do extinto TCM. E ainda dedilhando seu rosário de hipocrisia, a prefeita disse que administra a máquina pública com " zelo até maior com o que poderia fazer em sua casa..."

A senhora prefeita faltou com a verdade!

Pesa nos ombros da prefeita uma processo por corrupção eleitoral! Abuso de poder econômico. Ela foi condenada pela justiça de primeiro grau acusada de ter ganho sua primeira eleição  comprando votos dos eleitores mais humildes.

Então, como ele diz que segue os ensinamentos do Papa Francisco?, se a Igreja é contra a corrupção eleitoral, inclusive, foi quem encabeçou a Lei da Ficha Limpa!?

A prefeita Monica ganhou as eleições mentindo pros trabalhadores pobres e desempregados, prometendo a instalação de um estaleiro para a cidade, que iria gerar emprego e renda pra população, algo que nunca aconteceu.

A prefeita também mentiu pros aprovados do concurso público, garantindo efetivá-los caso fosse eleita. Ela venceu o pleito, anulou o concurso, travou uma briga judicial com os concursados, negando-lhes o direito constitucional, indo contra as determinações do Ministério Público e da própria Justiça, que ordenara várias vezes a efetivação destes trabalhadores.Além disso a prefeita ignora o Sindicato APEOC e o sindicato dos servidores públicos municipais.

Nem a Igreja e nem o Papa Francisco pedem pros políticos contar mentiras e enganar os pobres e trabalhadores. Pelo contrário;  a Igreja se posiciona do lado dos trabalhadores, por seus direitos, respeito e dignidade.

A prefeita Monica mentiu quando disse que tem mais zelo pela administração da cidade do que para com a sua própria casa. Vejamos: o zelo pela máquina pública deve ser medido pelo seguimento dos princípios éticos, legais e constitucionais. E o zelo por estes ordenamentos, a senhora prefeita não tem!, instalou uma ditadura do executivo municipal e tem promovido um verdadeiro festival de politicagens: passou cinco anos trocando votos por empregos na prefeitura, sem seleção pública, sem concurso público. Transformou descaradamente a máquina pública num balcão de negócios.

A Igreja e o Papa Francisco são contra estas práticas.

A senhora prefeita também faltou com a verdade quando se referiu a saúde pública: falta médicos e medicamentos. É difícil se realizar um exame. A população, sobretudo os mais pobres, vivem dias de horrores, de sofrimento na tentativa de sobreviverem, sem o amparo do sistema público Municipal.

No Hospital, que a prefeita disse que reformou,  que por sinal é um hospital de sua família, a sua cunhada, a irmã do seu esposo, foi investigada pela Policia Federal, e acusada pelo Ministério Público por fraudar o SUS, visando captar dinheiro de forma ilegal. Ela (a diretora, cunhada da prefeita) foi afastada da direção do hospital pela Justiça.

Este mesmo hospital recebe criticas da população "de matadouro", por protagonizar cenas de mortes, vitimando pacientes, idosos, gestantes e crianças, devido aos ultrapassados equipamentos e irresponsabilidade médica. Este hospital, quando a prefeita assumiu, bateu o record de dinheiro repassado pelo poder público, pórem, nunca melhorou seu atendimento.

Então, como pode a prefeita dizer que cuida bem do povo, que respeita a população e que segue os ensinamentos do Papa Francisco, da fé católica? Na teoria, e na prática, a Igreja se posiciona, preferencialmente  a favor dos pobres, dos maltratados pelos poderosos.

A prefeita só falou a verdade  quando disse que aprendeu tudo isso com o seu sogro, o  o ex-deputado Francisco Aguiar - que do Francisco Papa, não tem nada -  que em Camocim ficou conhecido como "Chico Promessa", por que nos períodos das eleições, prometia "mundos e fundos" pra população, mas nunca cumpria.

 O Chico Aguiar é o ex-presidente do TCM, órgão que recentemente foi extinto acusado por muitos parlamentares de promover politicagem, para beneficiar prefeitos com ficha suja e sujar a ficha de outros.

Carlos Jardel

Nenhum comentário: