sexta-feira, 18 de agosto de 2017

CÂNDIDO VACCAREZZA, EX-LÍDER DOS GOVERNO LULA E DILMA, É PRESO NA LAVA JATO

Foi preso temporariamente pela Polícia Federal (PF), nesta manhã de sexta-feira (18), o ex-líder do governos Lula e Dilma, Cândido Vaccarezza. Os policiais cumprem 46 mandados judiciais de duas novas fases da operação – a 43ª e a 44ª em cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. As ações foram batizadas Sem Fronteiras e Operação Abate, respectivamente.

É a primeira vez que a PF realiza duas fases da operação ao mesmo tempo.

Do total de mandados, 29 são de busca e apreensão, 11 são de condução coercitiva e 6 mandados são de prisão temporária, segundo a PF.

As operações investigam os crimes de corrupção, desvio de verbas públicas e lavagens de ativos identificados em contratação de grandes empresas com a Petrobras.
Na Operação Sem Fronteiras é investigada a relação espúria entre executivos da PETROBRAS e grupo de armadores estrangeiros para obtenção de informações privilegiadas e favorecimento obtenção de contratos milionários com a empresa brasileira.

Abate

Na Operação Abate, a ação visa desarticular grupo criminoso que era apadrinhado por ex-deputado federal, cuja influência era utilizada para a obtenção de contratos da Petrobras com empresa estrangeira. Nesta relação criminosa, recursos foram direcionados para pagamentos indevidos a executivos da estatal e agentes públicos e políticos, além do próprio ex-parlamentar, segundo a PF.

Na Operação Abate, a ação visa desarticular grupo criminoso que era apadrinhado por ex-deputado federal, cuja influência era utilizada para a obtenção de contratos da Petrobras com empresa estrangeira. Nesta relação criminosa, recursos foram direcionados para pagamentos indevidos a executivos da estatal e agentes públicos e políticos, além do próprio ex-parlamentar.

(Com Portal G1)

Nenhum comentário: