segunda-feira, 24 de julho de 2017

BARROQUINHA MANTÉM CENTRO DE REABILITAÇÃO EM FISIOTERAPIA E FONOAUDIOLOGIA.


O Centro de Reabilitação em Fisioterapia e Fonoaudiologia da cidade de Barroquinha atende contando com 02 (dois) fisioterapeutas efetivos, ambos  com carga horária de 30h,  e 1 (uma) fonoaudióloga contratada com carga horária de 20h.  Os atendimentos são realizados nos dias agendados e individualmente, durante toda a semana, de segunda a sexta-feira. 

Os atendimentos fisioterápicos oferecidos a população são de traumatologia, ortopedia, reumatologia, neurologia (adulto e infantil), fisioterapia pediátrica e geriátrica. Chegando a atingir a média mensal de 230 atendimentos. Já na fonoaudiologia os serviços são de prevenção e avaliação, sendo que a  média mensal  é  de 96 atendimentos.

Em tempo. 

O Centro foi reestruturado e recebeu novos equipamentos em setembro de 2016 -  na gestão da prefeita Tetê -  e está sendo mantido e aperfeiçoado pelo governo do prefeito Professor Ademar, que tem dado claro exemplo de como se administra a máquina pública: com continuidade nos bons serviços herdados, potencializando-os, sempre na perspectiva de atender a demanda na cidade e promover a saúde pública. 

Já em Camocim...a prefeita desativou o CIAS e reduziu o serviço 

Alfinetada

Em Camocim, a esposa do deputado Sérgio Aguiar, prefeita Monica, recebeu da gestão Vaulino um centro completamente equipado e moderno, funcionando nos 3 (três) turnos - o CIAS - com um quadro de 8 profissionais fisioterapeutas, 01 médico ortopedista, 02 nutricionista, 01 médico cirurgião cardiovascular, 03 fonoaudiólogas, 01 psicólogo... Mas, ao invés da prefeita ampliar o serviço,  fez justamente o contrário: desativou o Centro e reduziu o serviço para uma sala de atendimento no SESP com apenas 02 fisioterapeutas. Abandonando os equipamento em meio a poeira e mofo de um quarto entregue ao descaso...AQUI

Carlos Jardel

Nenhum comentário: