sábado, 29 de abril de 2017

RAPIDINHA

Essa é boa: teve um padre que não atendeu a confissão de um fiel, ontem, dia 28, por que, segundo ele, "estava de greve!" 

Sacerdócio virou emprego formal? Ou o padre confundiu Jesus com  Michel Temer? Ou será Será que Jesus tem negado o direito previdenciário do padre?

Só faltou ele estampar um cartaz "FORA JESUS !"

Carlos Jardel 

Nenhum comentário: