terça-feira, 14 de março de 2017

PREFEITO DE CHAVAL ANULA SELEÇÃO PÚBLICA E CONVOCA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA PARA SELEÇÃO TEMPORÁRIA

O Prefeito de Chaval, sebastião Sotero Veras, convocou uma sessão extraordinária para essa quarta-feira, onde será anunciada a anulação do processo seletivo de Chaval e posto em votação um projeto permitindo a contratação temporária para as vagas que seriam dos aprovados no seletivo realizado em fevereiro.

Os vereadores receberam no fim dessa tarde a documentação composta de Oficio, Mensagem e Projeto de Lei.

No corpo da mensagem o executivo afirma que a contratação temporária é necessária, pois o processo seletivo foi anulado em razão de "carência de legalidade" deixado o processo ilegitimo.

A nova contratação será feita através de entrevistas e analises de curriculum e terá validade de 6 meses, podendo ser prorrogada por igual período.

A sessão acontecerá na Câmara Municipal de Chaval, a partir dás 9:30 da amanhã.


Alfinetada

Pense numa gestão que começou meio desajeitada!

Essa atitude do prefeito Sebastiãozinho mostra claramente que ele anda meio desorganizado das ideias! 

Enquanto prefeituras optam por fazerem seleção pública para a contratação temporária, estimuladas pela Lei,  pelo Ministério Público e pela própria Justiça, o prefeito de Chaval  faz o contrário: realiza um seleção e logo em seguida anula. Envia uma mensagem urgente para câmara pedindo permissão parlamentar para contratar temporários na "tora", mediante mera entrevista e simples análise curricular,

É bom lembrar que, em algumas cidades, o Ministério Público orientou que as prefeituras retirassem a entrevista da seleção, pois, segundo o mesmo, é justamente através dela que se dá o apadrinhamento politico. A regra legal é o concurso público ou um processo de seleção pública simplificado.

Outro fato curioso, já que o prefeito alega que a seleção pública está sendo anulada por carência de legalidade: por que então ele não supre esta carência e divulga uma nova seleção dentro da legalidade?

O fato conota também a possibilidade de "ter caroço nesse angu!" 

Carlos Jardel 

Nenhum comentário: