sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

PREFEITA SE REÚNE COM SECRETÁRIOS PARA AVALIAR PRIMEIRA GESTÃO

Nesta segunda-feira, 12/12, nas dependências do Complexo Psicossocial Fransquinha Veras, a Prefeita Monica Aguiar coordenou uma importante reunião de trabalho com todo o Secretariado Municipal, no intuito de fazer uma avaliação detalhada das ações mais impactantes de sua Gestão nas mais diferentes áreas de atuação.

Durante a Reunião foram discutidos diversos assuntos, entre eles o controle da execução orçamentária, metas da Administração para 2017, gerenciamento de recursos e eficiência administrativa.

Nesse sentido, os titulares de cada Pasta externaram as ações pontuais desenvolvidas, ao longo desses quatro anos, que consideravam as mais relevantes, trazendo, no seu bojo, benefícios diretos para a Comunidade, apresentando, também, novos projetos de cunho eminentemente social a serem implantados nestes anos vindouros.

As informações são da Site do Governo Municipal

Alfinetada

No geral, a  prefeita Monica manteve um secretariado inexpressivo, visivelmente sem vida própria, sem autonomia para protagonizar mudanças mais eficientes em importantes áreas do município. Além da falta de autonomia dos secretários, o problema ainda é bem maior quando avalia-se, mediante o trabalho,  a competência de alguns dos executivos escolhidos pela prefeita e chancelado pelo deputado Sérgio Aguiar. Temos um olhar atencioso para as seguintes: 

Saúde

A Secretaria Municipal da Saúde, por exemplo, pode ser considerada a pior de todas! O retrocesso dos últimos quatro anos foi de cortar a carne da população, sobre tudo das pessoas mais pobres da cidade. A pesar das construções e reformas das unidades de saúde, o problema real não desapareceu: falta de médicos e medicamentos além da marcação de exames e consultas com especialistas ultrapassando três anos de espera. Sem contar do revezamento entre incompetentes para assumir a pasta. 

Dos que passaram, o dr. Márcio foi o mais competente, porem, refém dos sistema que transforma gestores em marionetes, por isso pediu demissão. 

Turismo

Outra "secretaria faz de conta", é a do Turismo que, em tese, é uma das mais importantes para a vida econômica da cidade, e que poderia, certamente, ter melhor desempenho. Porém, não diferente das demais, está com seu motor vital emperrado, impossibilitando-a de fazer movimentos mais revolucionários para protagonizar a consolidação da economia local. 

Cultura

A Secretaria da Cultura, que de cultura trata muito pouco, praticamente se detém tão somente ao mero trato das atividades festivas, oferecendo apenas manutenção do tradicional calendário: carnaval, festival de quadrilhas e festa do município. Sobre a promoção de uma eficiente discussão, num nível mais elevado, sobre o conceito de cultura e da execução da politica pública da cultura, podemos dizer que esta pasta gestora  é "analfabeta". 

Carlos Jardel

3 comentários:

Camocim15 disse...

Que avanço teve camocim com esse governo tartaruga, que não compril 5 porcento do que prometeu, esses cara de pau podem enganar alguns bestas mas eu não.

Jonas narcelio de freitas disse...

Esse Camocim 15 è um verdadeiro ruedor faça um comentario construtivo.o teus comentario deixa tô todos sem fè jumento

Jonas narcelio de freitas disse...

Esse Camocim 15 è um verdadeiro ruedor faça um comentario construtivo.o teus comentario deixa tô todos sem fè jumento