quinta-feira, 24 de novembro de 2016

CID GOMES SERÁ UM DOS 200 POLÍTICOS ATINGIDOS PELA DELAÇÃO PREMIADA DOS 78 EXECUTIVOS DA ODEBRECHT

O clima de terror domina este final de tarde em Brasília. Aliados do ex-governador Cid Gomes tentam não demonstrar nervosismo, mas não conseguem esconder o desespero com a informação de que a delação premiada da Odebrecht atingirá no mínimo 200 políticos- um deles seria Cid- por envolvimento por corrupção.

Todos esses 200 políticos serão processados. Crescerá bastante o número dos senadores e deputados federais que responderão por envolvimento com fraudes com dinheiro público e que se tornrão réus do ministro Teori Zavascki no Supremo Tribunal Federal (STF). Também há governadores que serão processados no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Dois dos suspeitos são os poderosos Fernando Pimentel (MG) e Geraldo Alckmin(SP).

Já os ex-detentores de mandato vão a princípio para as mãos do juiz Sérgio Moro. Nesse caso, estão ex-governadores como Cid Gomes e Jacques Vagner. Cid tanto pode ficar com Moro como ter seu caso enviado para o juiz federal Danilo Fontenele. Acusado de receber propina segundo a delação da Odebrecht, que precisa ser confirmada , Cid, se condenado, irá para a cadeia e estará fora das eleições de 2018.

Ceará News

2 comentários:

Só canela Tá lindo tá lindinho disse...

até tu menina. ta lindo tá lindinho.

Só canela Tá lindo tá lindinho disse...

ai papai. já já fica só .adeus coronéis. ta lindo tá lindinho.