quarta-feira, 26 de outubro de 2016

PEC DO CONGELAMENTO DOS INVESTIMENTOS PÚBLICOS É APROVADA EM 2° TURNO NA CÂMARA; PROPOSTA SEGUE PRO SENADO


A Câmara dos Deputados aprovou em segundo turno o texto-base da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, que institui um teto de gastos pelos próximos 20 anos. A medida é a principal aposta do governo do presidente Michel Temer para equilibrar as contas públicas.

O projeto passou por seu segundo teste no plenário da Câmara nesta terça-feira, 25, e agora será analisado pelo Senado, também em dois turnos. 

A votação, cujo placar foi de 359 votos a 116, se estendeu por mais de oito horas devido às tentativas da oposição de obstruir a votação. Manifestações contra a aprovação da PEC também fizeram com que a sessão fosse interrompida pelo Presidente da Câmara, Rodrigo Maia, primeiro para pedir silêncio aos participantes, depois para pedir sua expulsão.

Antes da votação do texto-base da proposta, o plenário da Câmara rejeitou todos os destaques apresentados individualmente por deputados. Eles foram rejeitados por 320 votos a 27.

Votos dos deputados cearenses

  • Chico Lopes (PCdoB) Não
  • André Figueiredo (PDT) Não
  • Leônidas Cristino (PDT) Não
  • Odorico Monteiro (PROS) Não
  • José Airton Cirilo (PT) Não
  • José Guimarães (PT) Não
  • Luizianne Lins (PT) Não
  • Moses Rodrigues (PMDB) Sim
  • Aníbal Gomes (PMDB) Sim
  • Vitor Valim (PMDB) Sim
  • Macedo (PP) Sim
  • Gorete Pereira (PR) Sim
  • Ronaldo Martins (PRB) Sim
  • Danilo Forte (PSB) Sim
  • Domingos Neto (PSD) Sim
  • Raimundo Gomes de Matos (PSDB) Sim
  • Arnon Bezerra (PTB) Sim

DETALHE – Ausentes da votação estavam os deputados Cabo Sabino (PR), Gencias Noronha (SD) e Moroni Torgan (DEM), este candidato a vice do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT).

Blog do Eliomar 

Nenhum comentário: