quarta-feira, 10 de agosto de 2016

GREVE DOS PROFESSORES ESTADUAIS DO CEARÁ É SUSPENSA APÓS 107 DIAS

A greve dos professores da rede estadual de ensino do Ceará que já completava 107 dias foi suspensa na manhã desta terça-feira (09/08). A decisão foi tomada em uma assembleia geral da categoria realizada no Ginásio Paulo Sarasate, no bairro Dionísio Torres, em Fortaleza.

Após a decisão, houve uma confusão entre alguns professores e a direção do Sindicato Apeoc. De acordo com a entidade, dois mil professores da Capital e do interior estiveram presentes na assembleia.

Ao término da votação, um tumulto generalizado foi iniciado. Isto porque parte da categoria que estava no local era contrária ao encerramento da paralisação e questionou os procedimentos da contagem de votos.

Logo após a informação da suspensão da greve, professores contrários a decisão jogaram cadeiras e garrafas no presidente da Apeoc, o professor Anízio Melo.

Cercado por seguranças, o presidente do sindicato teve de ser acompanhado até um carro no estacionamento do Ginásio. No caminho até o veículo houve tumulto e troca de socos entre os profissionais de educação e seguranças. Os professores tentaram impedir a saída da diretoria da entidade sindical, onde houve novos confrontos.

Alguns professores afirmam que integrantes da categoria estavam sem crachá durante a votação e ainda assim, mesmo não credenciados – de acordo com os reclamantes – puderam votar. Cadeiras foram arremessadas e lutas corporais foram registradas.

A assembleia foi encerrada e a decisão de suspensão é tida como oficial pelo Sindicato Apeoc.

 Diário do Nordeste via Ceará Agora

Nenhum comentário: