sábado, 23 de julho de 2016

CAMOCIM ESTÁ ENTRE OS MUNICÍPIOS LITORÂNEOS E DA RMF QUE LIDERAM OCORRÊNCIAS DE INFRAÇÕES AMBIENTAIS

Em quatro anos, o Ceará acumulou mais de 3900 irregularidades ambientais. As informações são do levantamento feito pela Diretoria de Fiscalização (Difis) da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) entre os anos de 2012 e 2015. O órgão constatou que a maioria das infrações ambientais flagradas pela autarquia estão concentradas nos municípios litorâneos e da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Dos 30 primeiros no ranking, 16 são cidades com faixa de praia em seu território ou vizinhas à Capital.

No período, foram identificadas 3.942 irregularidades ambientais no Ceará somente pela Semace. Os 16 municípios são responsáveis por 1.697, o que corresponde a 43% de todas as infrações desse período. Fortaleza foi a cidade com o maior número de autuações (594), seguida por Aracati (147) e Caucaia (134).

Segundo explicou a gerente de Fiscalização da Semace, Carolina Braga, as ocorrências registradas no levantamento são as infrações identificadas e registrada para processo. Em relação aos tipos de crime, ela afirma que as ocorrências na zona costeira estão mais ligadas ao uso e ocupação desordenada, que acabam resultando em construções irregulares em áreas de preservação permanente, a exemplo de dunas, mangues e margens de recursos hídricos. 

Já na Região Metropolitana, é mais comum encontrar empreendimentos com irregularidades no processo de licenciamento ambiental. Carolina cita ainda os casos de poluíção “principalmente próximo aos núcleos industriais, como Maracanaú”, afirma.

Disque Natureza

As denúncias de crimes ambientais podem ser feitas pelo Disque Natureza. O serviço disponibilizado pela Semace funciona no número 0800-275-2233, de segunda a sexta-feira, de 8 às 12h e das 13 às 15 horas. É importante que seja fornecido a maior quantidade de detalhes da infração, localização e infrator. Esses dados serão importantes para o trabalho de campo dos fiscais ambientais. A Superintendência garante o sigilo do denunciante.

Lista dos 30 municípios com maior incidência de infrações ambientais:



O Povo

Nenhum comentário: