terça-feira, 21 de junho de 2016

FÓRUNS DESTACAM AMPLIAÇÃO DO ACESSO AOS SERVIÇOS DE SAÚDE


FW: Release Sesa - Fóruns destacam ampliação do acesso aos s

Os números de atendimentos da nova rede de saúde do Ceará implantada pelo Governo do Estado são grandes: 4.464.096 no Hospital Regional do Cariri e no Hospital Regional Norte,  3.215.278 nas 19 policlínicas regionais, 3.100.476 só nas seis Unidades de Pronto Atendimento (UPAs 24h) na capital, 5.781.450 nos 22 Centros de Especialidades Odontológicos regionais, além de 134.174 do SAMU 192 Ceará em 128 municípios.  Os resultados desses números estão em milhares de histórias de atendimentos que comprovam o aumento do acesso aos serviços de saúde. Uma delas é do aposentado Antônio Felipe de Menezes, atendido na policlínica regional em Iguatu, no Centro Sul do Estado. Ele sofreu um acidente de motocicleta no ano passado e ficou com traumatismo na coluna. "Aqui não é excelente só porque é de graça, não pago nada. É excelente porque na policlínica faço todo o tratamento com profissionais eficientes, que atendem bem, e aqui tem todo equipamento que eu preciso. Não posso ficar sem fazer as sessões de fisioterapia nenhum dia porque se não fico incri quilhado, com mais dificuldades de andar". Ele fez essa afirmação no início deste ano à assessoria de comunicação da Secretaria da Saúde do Estado. Passados alguns meses, porque tem problemas crônicos de coluna, Seu Antônio Felipe continua fazendo fisioterapia e recebendo cuidados na policlínica.      

São histórias da nova rede de saúde do Ceará, como a do Seu Antônio Felipe, que vão mobilizar e nortear as discussões dos quatro Fóruns Macrorregionais de Preparação para o Seminário Internacional de Avaliação do Programa de Expansão e Melhoria da Assistência Especializada à Saúde do Estado do Ceará (Proexmaes I), que vai ocorrer em outubro, no Centro de Eventos do Ceará. O primeiro fórum macrorregional será realizado nesta terça-feira, 21, em Sobral, com gestores e técnicos das Coordenadorias Regionais de Saúde, das secretarias municipais de saúde, dos consórcios públicos de saúde e da rede de assistência. Na quarta-feira, 22, o fórum ocorrerá em Quixadá, no dia 23 em Limoeiro do Norte e na sexta-feira, 24, em Juazeiro do Norte. 

Na expansão da nova rede de assistência à saúde da população, a estrutura já foi planejada e implantada para agregar novos serviços a partir das necessidades da população e de mudanças  no perfil epidemiológico. Um bom exemplo é o atendimento às crianças com microcefalia. Com o aparecimento dos casos de microcefalia associados à zika, a partir do final do ano passado, surgiu a necessidade de acolher e assistir as crianças. As policlínicas,  além de estrutura contam com multiprofissionais que foram capacitados para atendimento a crianças com distúrbios no desenvolvimento neuropsicomotor pelo Núcleo de Tratamento e Estimulação Precoce (Nutep), programa de extensão da Universidade Federal do Ceará. A criação do NEP nas policlínicas foi articulada pela primeira-dama do Estado, Onélia Leite Santana, através de convênio feito com a Secretaria da Saúde do Estado com o Nutep, no valor de R$ 1.157.404,28.

Assessoria de Comunicação da Secretaria da Saúde do Ceará

Nenhum comentário: