segunda-feira, 27 de junho de 2016

FIM DE SEMANA DE REBELIÕES E FUGAS. MAIS DE 50 PRESOS PODEM TER ESCAPADO DE PRESÍDIOS, CADEIA PÚBLICA E DELEGACIA


Mais de 50 presos teriam fugido de unidades do Sistema Penitenciário e de delegacias  da Polícia Civil durante o fim de semana. Durante o período foram registradas também rebeliões em dois presídios, em um deles a situação ainda está sem controle.


A sequência de incidentes teve início ainda na última sexta-feira (24), quando ocorreu uma rebelião na Casa de Privação Provisória da Liberdade Dois (CPPL 2), em Itaitinga, quando  cerca de 100 presos iniciaram uma quebradeira. Eles aproveitaram a ausência dos operários que estão trabalhando nas obras de reforma da unidade e se apossaram de ferramentas, além de restos de material do canteiro de obras. Foram contidos com a chegada da Polícia Militar no local. Os presos teriam se amotinado após a morte de um deles. O assassinato ocorreu no dia anterior.  O morto foi identificado como Mateus da Silva Santos.

Já no sábado (25), o dia começou com fuga de, extra-oficialmente, pelo menos, 15 internos da Casa de Privação Provisória da Liberdade Dois (CPPL 2).  Logo depois, cinco presos escaparam da delegacia do 8º DP (Conjunto José Walter) após serrarem as grades das celas.


No domingo (26), uma fuga em massa ocorreu na CPPL 6, também em Itaitinga, transformado em um centro que abriga internos do regime semi-aberto. Informações ainda não confirmadas revelam que dali teriam escapado cerca de 50 internos. Cinco já teriam sido recapturados pela Polícia ainda nos arredores da unidade, na BR-116.

A Secretaria Estadual da Justiça e da Cidadania (Sejus), informou que somente com uma recontagem dos presos, a ser realizada nesta segunda-feira (27), será possível saber verdadeiramente o número de foragidos.

Barricadas de fogo

Já no começo da noite de ontem, teve início uma nova rebelião. Desta vez, no Presídio do Carrapicho, no Município de Caucaia, onde os presos montaram barricadas de fogo na entrada das galerias para impedir o acesso de policiais e bombeiros militares.  Até o começo da madrugada, a situação continuava tensa e a Tropa do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) ainda não havia entrado na unidade.

E para completar o roteiro de fugas, ainda no domingo, pelo menos, seis presos escaparam da Cadeia Pública da cidade de São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Fortaleza (a 55Km da Capital).

 Fernando Ribeiro via Ceará News

Nenhum comentário: