segunda-feira, 13 de junho de 2016

AGÊNCA DA SEFAZ E JUNTA COMERCIAL PODEM DEIXAR DE ATENDER EM CAMOCIM


Contadores e comerciantes pedem ajuda na Câmara 

Na última sessão ordinária da Câmara de Camocim, a presidente , Maria Iracilda Rodrigues, e demais vereadores, receberam comerciantes, empresários e contadores, preocupados com a possível saída da agência da SEFAZ e da Junta Comercial da cidade de Camocim. Usando a tribuna do legislativo, o presidente da Delegacia Regional do Conselho de Contabilidade, Ademir Pereira, mostrou sua preocupação e daqueles que dependem desta agência no município. Disse Ademir, que a SEFAZ e Junta Comercial atualmente disponibilizam a retirada do IPVA, Certidão Negativa da Junta Comercial, Cadastro de Empresas, Reativação de Empresa, Parcelamentos e Orientação sob Legislação. 

“Não podemos deixar a SEFAZ e nem a Junta Comercial saírem de Camocim, porque se vier a fechar, os camocinenses terão que se deslocarem para Sobral, para resolverem seus assuntos. Atualmente, mais de 30 pessoas são atendidas das mais diferentes partes dos municípios circunvizinhos. Gostaria de pedir uma junção de forças para barrar este possível fechamento da SEFAZ e da Junta Comercial”, diese Ademir.

Os vereadores, ao ouvirem o Sr. Ademir Pereira, se comprometeram através do pedido da vereadora Lúcia da Ematerce, a realizar Audiência Pública na Câmara, além de enviarem pedidos de apoio aos deputados estaduais votados em Camocim, para que SEFAZ e Junta Comercial não venham a encerrar suas atividades no município.

Fonte: Politica em Evidência

Nenhum comentário: