quarta-feira, 29 de junho de 2016

APÓS PRENDER 87 PESSOAS, POLÍCIA QUER IDENTIFICAR QUEM ORGANIZOU A 'PASSEATA DO CRIME' EM SOBRAL

Ao menos, 87 pessoas, entre adultos e adolescentes, foram detidas, ontem (28) pela Polícia Militar na cidade de Sobral, na Região Norte do estado (224Km de Fortaleza), depois de realizarem passeatas para comemorar uma suposta união entre gangues ligadas ao tráfico de drogas. A Polícia tenta agora descobrir quem são os “cabeças” do movimento considerado de incitação ao crime. 

 A “comemoração” dos grupos criminosos levou a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) a reagir diante da repercussão nacional negativa que o fato teve nas redes sociais, onde foram postados vídeos dos incidentes. Até mesmo na Câmara dos Deputados, em Brasília, o assunto foi tema de grave denúncia, feita pelo deputado federal cearense Vítor Valim (PMDB). 

 Toda a confusão aconteceu quando as gangues teriam se unido em torno de uma só liderança, que seriam bandidos integrantes da facção criminosa do Rio de Janeiro, Comando Vermelho (CV). E para “comemorar” essa união, juntaram-se gangues até então rivais e protagonistas de recorrentes assassinatos e tiroteios em bairros como Dom Expedito, Vila União, Sumaré, Terrenos Novos e Residencial Nova Caiçara. A junção das quadrilhas teria como objetivo afastar a Polícia dessas áreas para que o tráfico de drogas possa agir ainda com maior intensidade.


 A primeira passeata aconteceu ainda na tarde de segunda-feira e entrou pela noite. Ontem, o fato se repetiu e a Polícia Militar, que no dia anterior apenas assistira a tudo, decidiu agir com rigor. Houve confronto nas ruas, tiros, explosão de bombas, muita correria e, por fim, a PM conseguiu deter 87 pessoas, sendo 47 adultos (maiores de idade) e 40 adolescentes. 

 Incitação

 Todos foram encaminhados à Delegacia Regional de Polícia Civil de Sobral para averiguações e ali foram lavrados flagrantes pela prática de delitos diversos como, associação criminosa, desacato à autoridade e incitação ao crime.

 À noite, o governador do Estado, Camilo Santana (PT), e a cúpula da SSPDS estiveram em Sobral para, segundo nota oficial da instituição, “acompanhar a realização dos procedimentos” na delegacia daquele Município. Ainda de acordo com a mensagem oficial, a operação visou “identificar os infratores”. 

 Por Fernando Ribeiro via Ceará News

Nenhum comentário: