terça-feira, 14 de junho de 2016

ACUSADOS DE PRATICAR CRIMES CONTRA TURISTA EM CAMOCIM SÃO CONDENADOS A MAIS DE 30 ANOS DE PRISÃO

O juiz Antônio Washington Frota, titular da 2ª Vara da Comarca de Camocim, condenou Guilherme Barbosa dos Santos, André Luis Oliveira de Sousa e Taisson Silva Feioso pelos crimes de roubo praticados contra três turistas durante Carnaval do Município em 2015. Para o magistrado, “existem nos presentes autos provas de autoria e materialidade delitivas suficientes para embasar um decreto condenatório”.

Guilherme teve a pena fixada em 12 anos e dez meses de prisão; já André foi sentenciado a dez anos e oito meses de reclusão; e Taisson foi apenado em oito anos e seis meses. Todos cumprirão em regime inicialmente fechado e não poderão recorrer das condenações em liberdade.

Consta nos autos (nº 9965-73.2015.8.06.0053/0) que, em 13 de fevereiro de 2015, um grupo de pessoas estava fazendo um passeio de barco até a Ilha do Amor, em Camocim, a 379 km de Fortaleza. Ao chegar no ponto de retorno da balsa, foram abordados pelos acusados com uma faca e tiveram os pertences roubados. Eles roubaram aparelho celular e dinheiro. Outras pessoas viram o acontecido e avisaram a polícia, que realizou a prisão em flagrante do grupo.

A decisão foi proferida nessa sexta-feira (10/06). Ainda segundo o juiz, “os agentes [réus], embora primários, agiram de forma covarde, prevalecendo-se do concurso de agentes no caso para impor terror às vítimas, circunstância que, associada ao local, demonstram a gravidade das condutas”.

Fonte TJ/CE

Camocim Portal de Noticias

Nenhum comentário: